“O enxame de meteoros Perseídeas acontece HOJE!”

Ciência:
Astronomia

Nível: básico


Um dos mais famosos e popularmente conhecidos enxames de meteoros anuais é o das
Perseidas, assim chamadas pelo seu radiante na constelação de Perseu – acontece
em pleno verão para o hemisfério norte e inverno para nós do hemisfério austral,
e oferece como média cerca de 60 meteoros por hora. Contudo, as condições de observações
dos meteoros variam de ano para ano, em conformidade com que a Terra encontre, em
seu caminho, uma zona mais ou menos densa destas partículas.

Elas devem seu nome por parecerem rradiar-se da Constelação de Perseu. Além de ser
uma das chuva de estrelas fugazes mais espetacular, tem uma grande importância histórica
porque foi o primeiro caso comprovado da relação das Chuvas de Estrelas com os fragmentos
de um cometa.


Hoje acontecerá o pico de chuva de meteoros perseídeas na Terra.

Esses meteoros são fragmentos do cometa Swift-Tuttle (1862 III) que ficaram para
trás. Quando a Terra cruza com esse rastro deixado no espaço, acontecem as chamadas
chuvas de meteoros.

No caso dos perseídeas, a Terra cruza esse rastro no período de 23 de julho a 22
de agosto, mas o pico de meteoros atingidos pela Terra, é hoje, dia 12 de agosto
de 2009, com uma taxa de 80 meteoros entrando por hora.


Como observar: o ponto donde os meteoros de Perseid parecem radiar são localizados
dentro da constelação Perseus e são chamado o radiante. As Perseidas é uma das chuvas
de Meteoros mais consistentes e ativas, com um duplo pico comprovado, com um pequeno
aumento algumas horas antes do máximo principal.

 

Fontes:

http://caddourados.blog.terra.com.br/2009/08/11/chuva-de-meteoroso-perseideas/
http://www.franklinjr.com/blog/index.php/2009/08/12/chuva-de-meteoros-perseideas-na-terra-12-de-agosto/

http://www.constelacoes.hpg.ig.com.br/chuva_perseideos.htm