“Entenda a hierarquia das necessidades humanas e por que nunca estamos completamente
satisfeitos.”

Ciência:
Psicologia

Nível: intermediário


Vamos falar um pouco de Psicologia, para expandir nosso campo de conhecimento. Entraremos
agora em um campo de pesquisa que tenta explicar a motivação humana, a teoria da
Hierarquia de Maslow das necessidades.

Introdução


Ao contrário da maioria dos estudiosos, Maslow preferiu estudar pessoas consideradas
‘exemplares’ ao invés das instáveis, neuróticas, etc. Entre seus materiais de estudo
estavam Albert Einstein, Jane Addams e Eleanor Roosevelt.

Maslow propôs uma pirâmide que separa as necessidades humanas por prioridade, gerando
uma hierarquia na qual baseou seus estudos.


Ordem de importância


Cada camada da pirâmide, segundo Maswlo, possui uma ordem de importância.
O primeiro nível é o das necessidades fisiológicas, enquanto os demais tem um caráter
mais psicológico. Os itens deficientes precisam ser tratados primeiro, e assim que
são satisfeitos, a busca pelas necessidades das camadas acima geram o que chamamos
de crescimento pessoal.

Um nível da pirâmide só entra em foco quando o nível inferior é completamente satisfeito,
e uma vez que um nível é atigido, ele ganha prioridade sobre os níveis inferiores.
Contudo, se um conjunto de necessidades de um nível inferior deixarem de serem satisfeitas,
nossa prioridade muda momentâneamente para aquele nível, repriorizando nossa atenção
e nossos esforços. Essa volta de nível não é permanente, uma vez em um nível superior,
devemos sempre mantê-lo em atendimento.

Necessidades fisiológicas


É a parte mais óbvia e simples da pirâmide, composta pelas nossas necessidades básicas:
dormir, comer, água, etc, incluindo-se o sexo neste nível.

Segurança


Com os níveis fisiológicos relativamente satisfeitos, a necessidade de segurança
toma conta de nosso comportamento. Sempre estamos em busca de segurança pessoal,
financeira, de saúde, etc.

Necessidades sociais


Intimidade, amizade e família. O ser humano sente a necessidade de ser aceito pela
sociedade, de se sentir parte dela. Precisam amar e ser amados, e é uma necessidade
que sempre se sobrepõe às necessidades fisiológicas e de segurança.

Estima


Sempre buscamos ser respeitados, tendo auto-respeito e respeito dos demais. É uma
camada semelhante à social, mas focada no que esperamos sentir dentro de nós ao
invés do que esperamos do mundo externo. É aqui que entra, por exemplo, a busca
pela fama e pela glória.

Realização pessoal


O nível mais alto da pirâmide está intrinsicamente ligado com as demais camadas
inferiores.

Conclusão


Apesar de todo o trabalho de Maslow, muitos críticos infatizam que a ordem que priorizamos
nem sempre segue a pirâmide, e que muitas vezes nem existe uma ordem. Eles baseiam-se
na premissa que não há como classificar necessidades que estão sempre mudando. Um
argumento que tem força nesse movimento é de que uma pessoa pode se sentir auto-realizada
mas não conseguir uma satisfação total de suas necessidades fisiológicas.

Mesmo com todas as controvérsias, é intrigante imaginar como nosso organismo funciona,
trabalhando com tantas variáveis. Enteder o estudo de Maslow nos ajuda a compreender
melhor nosso corpo e nossas necessidades.

 

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Hierarquia_de_necessidades_de_Maslow

http://en.wikipedia.org/wiki/Maslow%27s_hierarchy_of_needs