“Como funcionam aqueles óculos 3D
vermelhos e azuis?”

Ciência:
Física

Nível: básico

O primeiro filme próprio para uso dos óculos 3D foi lançado em 1922! Um filme 3D
dá a sensação de que fazemos parte da ação, não apenas sendo meros expectadores
que ficam sentados assistindo. Tudo parece acontecer ao seu redor, muito próximo
de nós, e tudo isso graças aos óculos que são, na verdade, bastante simples.

Visão binocular

Nossos dois olhos nos garante uma ótima visão binocular. Mesmo com um objeto a 6
ou 7 metros, conseguimos medir com bastante precisão a distância deles. Conseguimos
inclusive distinguir, em um campo cheio de objetos, quais estão mais próximos uns
dos outros. Se olharmos ao redor com um olho só, ainda temos uma certa noção de
profundidade, mas ela é menos precisa e mais lenta. Peça para alguém lhe jogar uma
bola e tente pegar olhando apenas com um olho, e verá como é mais difícil.

Nosso cérebro é muito mais impressionante do que imaginamos. A visão binocular baseia-se
no fato de que os dois olhos distam cerca de 5 centímetros um do outro, vendo, assim,
as coisa de perspectivas diferentes. O cérebro consegue calcular a distância baseada
nessa diferença, mesmo que as imagens sejam levemente diferentes.

Os óculos

Óculos 3D

O cinema 3D está em alta novamente. Chequem o site do
Cinemark
, por exemplo, e verão que existem salas 3D (um pouco mais caras,
infelizmente).

O motivo de usarmos aqueles óculos engraçados é para alimentarmos diferentes imagens
em nossos olhos. A tela mostra duas imagens e os óculos garantem que uma irá entrar
por um olho e a outra no outro olho. Existem dois modos de fazer isso.

O sistema vermelho/verde ou vermelho/azul

Neste sistema, as duas imagens mostradas na tela são uma vermelha e a outra ou verde
ou azul. Os filtros nos óculos permitem que apenas uma imagem entre em cada olho,
e o cérebro faz o resto. Por causa do uso das cores para separar as imagens, a qualidade
do filme acaba não sendo tão boa quanto à dos filmes comuns, já que a riqueza de
cores pode interferir no processo.

Polarização

Um método que permite ao filme maior qualidade de imagem, por isso é o preferido
pela Walt Disney e pela Universal Studio. Dois projetores sincronizados projetam
duas imagens na tela, cada uma com uma polarização diferente. Os óculos também possuem
lentes com diferentes polarizações, e isso faz com que as imagens direcionem-se
uma para cada olho.

 

Fontes:

http://science.howstuffworks.com/3-d-glasses.htm