“Já conheceu alguém que espirra sempre que sai de casa e o dia está claro?”



Ciência:

Biologia
Nível:
Básico

Fotossensibilidade, espirro de reflexo fótico, etc. Vários nomes são dados para este fenômeno, que é de certa forma uma reação incomum: espirrar ao sair de um ambiente mais escuro para um mais claro, como reação imediata da exposição dos olhos à luz.

Se você está lendo isso e pensando “Isso é um absurdo, ninguém é assim!” eu afirmo com certeza e com conhecimento de causa que é algo verdadeiro, e quando criança pensava que todas as pessoas eram assim, até que um dia, de forma bastante surpreendente, fiquei sabendo que era somente comigo que acontecia no meio de tantas outras pessoas que eu conhecia.

Sempre que uma luz forte entra em contato com os olhos da pessoa, se a vista está acostumada com um ambiente cuja luz possui menor intensidade, o corpo reage espirrando, como se tentasse expelir o excesso de luz que subitamente entrou em contato com ele.

Como, afinal, acontece o espirro?

Existe um nervo craniano chamado nervo Trigeminal, responsável pelas sensações e control motor da face. Quando algo irrita este nervo, ele envia o sinal ao cérebro, que faz a pessoa espirrar.

Para as pessoas com essa foto sensibilidade, a super estimulação do nervo ótico seria captado pelo nervo Trigeminal e enviado ao cérebro como sinal para espirrar, mas mesmo com todos os estudos a ciência ainda não é muito precisa e conclusiva em relação à explicação desse fenômeno.

Pesquisas sugerem inclusive que algums outros fatores podem gerar o mesmo resultado, como uma súbita inalação de ar frio ou qualquer outra reação que reagisse próximo do nervo mencionado.

O fenômeno ainda permanece um mistério, apesar de todas as teorias. Até mesmo causa genética já foi cogitada, mas nenhum resultado final foi obtido. O número de pessoas que se enquadram neste perfil variam de 10% a 35% da população, um dado bastante impreciso por ter sido obtido através de pesquisar informais.

Convulsões epilépticas às vezes são desencadeadas por flashes de luz e a enxaqueca é frequentemente acompanhada por fotofobia. “Se conseguíssemos encontrar um gene que provoca o espirro fótico, poderíamos estudá-lo e aprender algo sobre o caminho visual e outros fenômenos de reflexo”, explica Ptácek.

Aconselho a leitura dos sites anotados abaixo na área das fontes para maior esclarecimento sobre o assunto, que é bastante amplo e igualmente nebuloso.


Fontes:

http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/olhar_para_o_sol_pode_fazer_espirrar_sim_imprimir.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Photic_sneeze_reflex