“Agora que o verão está chegando, nada melhor que um ar condicionar, certo?”

Ciência: Física
Nível:
básico

O princípio básico do aparelho de ar condicionado é o mesmo das geladeiras. Ele utiliza-se da evaporação de um fluido refrigerante com os mesmo ciclos que acontecem dentro de um refrigerador, por exemplo. Esses fluidos refrigerantes são na verdade fluorcarbonos (sim, aqueles que fazem mal à camada de ozônio) e são chamados, genericamente, de Fréon.

As etapas para a refrigeração são simples:

1. O compressor comprime o gás frio, tornando-o não só quente mas com alta pressão;

2. O ar quente percorre parte dos tubos e passa por um dissipador de calor, liberando energia e transformando o vapor em líquido;

3. O líquido escoa através de uma válvula de expansão e se vaporiza, tornando-se gás frio de baixa pressão;

4. O gás frio corre através do trocador de calor, permitindo que o gás absorva calor e, assim, esfrie o ambiente externo.

A capacidade de um ar condicionado é medida através da (estranhíssima)  BTU (Unidade de calor Britânica), que é a quantidade de calor necessária para aumentar a temperatura de 0,45 kg em 0,56º C

Segue um esquema de como funciona o ar condicionado, retirado do site HowStuffWorks:

Como funciona o ar condicionado

Fontes:

http://casa.hsw.uol.com.br/ar-condicionado.htm